quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Vida de boneco

Eu fui feito para poder ser quem você quiser em um passe de mágica.
Como eu faço isso?
Não sei, fui fabricado para isso.
Você pode tirar-me a cabeça, pernas, braços...
E colocar membros e cabeças diferentes em mim.
Não sei como isso acontece, mas acontece.
Compram-me, brincam comigo...
Quando enjoam, passam para alguém ou simplesmente me jogam fora.
Essa é minha vida.

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Na escuridão, tudo pode acontecer... Até sua "volta".


Faltou energia logo na melhor parte do livro!
Peguei a lanterna...
Recomecei a ler o livro.
Ouço barulhos...
Movo a lanterna para a direção do barulho...
Quando percebo, você está na minha frente.
Mas o que você quer?
Depois de tanto tempo, você me aparece com essa cara de "voltei, meu amor!"
Sabe o que eu faria se fosse você?
Daria meia volta e iria embora.
Cansei desse seu jogo de palavras-cruzadas.
Pegue esse seu arcabouço e ponha-se daqui para fora.
Já!

A canção


Fiz uma canção para te mostar minha saudade.
Sei que tentas fugir de mim...
Mas não tente, pois não vai conseguir!
Por mais longe que estiver...
Essa canção que eu fiz, irá te seguir, pelas rádios, bares, festas...
Enfim, independente do local você não conseguirá me esquecer.
Minha voz ficará na sua cabeça.
Meu amor, em seu coração.
E em seus calafrios a lembrança da presença do meu corpo junto ao teu.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Mudança


Decidi colocar tudo para fora.
Não havia mais espaço para nada.
O pouco espaço que existia foi tomado pelas conseqüências de ter guardado tudo isso durante muito tempo.
Cansei de ser como um museu, por só guardar lembranças, mágoas passadas.
Decidi esquecer o que passou...
Decidi viver o presente.
Quero a liberdade, o futuro me espera!

A verdade é...


Em comerciais de bebidas alcóolicas, no final sempre dizem:
"Beba com moderação."
A intuição do comercial é para nós bebermos, não é?
Se todos nós bebermos com moderação, as empresas de bebidas irão falir!
Desde quando beber com moderação dá lucro para as empresas?
Enquanto nós economizamos bebendo com moderação, eles vão perdendo o dinheiro que nós estaríamos gastando se estivéssemos bebendo exageradamente!
Por que eles não colocam:
"Beba sem moderação, pois dessa forma você está nos livrando da falência."?
Seria bem mais realista.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

As vezes não temos escolha.



Às vezes nós não podemos seguir o caminho que sempre sonhamos.
Porque algum acontecimento pode afetar nosso rumo.
De um certo modo, nada é do jeito que nós queremos.
Existem pessoas, placas, leis, ordens, fanatismos ou outras coisas que nos confunde o modo de pensar, de agir...
Pessoas já se mutilam por fanatismo, outras pessoas já mudaram por outra pessoa, as placas nos dizem o que devemos fazer e o que não devemos fazer, assim como as leis.
Quero seguir meu rumo do jeito que for possível, sem atingir ou mudar pessoas em meu redor.




sábado, 29 de novembro de 2008

Caminho...

Em nossas vidas, sempre passamos por coisas ruins.
É como se fosse uma parte escura do nosso caminho.
Por mais que fiquemos preparados para isso, sempre ocorre uma recaída.
Existem pessoas que não resistem ao baque, e acabam se matando...
Outros, seguem firmes, seguros.
Outros, ficam pensando, se passam agora ou depois.
Enfim... Cada pessoa sabe o que faz da sua vida.
Por mais que adiemos, um dia teremos que enfrentar nossas dificuldades...
Independente da nossa vontade.

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Cansei de besteiras.

não mudo.
esse é o jogo: quer? então agüenta.
não quer? vai embora que tem gente querendo.
só por que você me ama eu tenho me moldar do jeito que você quer?
nunca!
não me importo se tal pessoa "x" mudou por motivos "y"não ando me espelhando em seu ninguém.
tem ciúmes?
quem não tem?
por isso eu tenho que mudar com meus amigos?
nunca!
amizades ficam, namoros vão embora.
então se por acaso em um belo dia eu tiver que tomar uma decisão brusca...
vou preferir meus amigos.
eu escondi algo de você?
eu escondo várias coisas de várias pessoas.
não só de você.
sei que mentira tem perna curta...
mas enquanto não descobrem, eu vou levando.
e se descobrirem, vai ser tarde demais. Pois já será passado e nada vai acontecer.
agora é só pôr suas idéias no lugar e tentar achar uma solução.
porque a minha já está tomada...
se vira peão!

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

"já nem sei mais!"

vida, vida bela.
vida cheia de cores
uma delas é rosa...
ou será vermelho?
talvez...
beijo, beijo gostoso.
beijo com gosto de chocolate
às vezes parece cereja... será?
mas... se for açaí?
não faço idéia...
urso, urso que me faz dormir.
urso que nos meus sonhos aparece...
urso não saia nunca de meus sonhos
pois só você me faz sentir a tranquilidade...
de te ter aqui ao meu lado
e faz com que eu tenha o desejo de acordar todo dia!
rosas, rosas que embelezam o lugar
que fazem a vida bela
que seduzem o beijo gostoso
que fazem com que o urso me ame!
rosas?
ou diamantes?
vida?
ou ficção?
beijo?
ou sedução?
urso?
ou...?
já nem sei mais!

Falta de consideração...

Sem nada para fazer...
Começo a pensar em ti e nada mais acontece...
Não sinto mais calafrios, nem sinto meu coração bater mais forte.
Tudo mudou, principalmente, entre eu e você.
Você se distanciou de mim, e eu, orgulhoso, não fui atrás.
Você disse que eu merecia.
Mas merecia o quê? Seu desprezo?
Se for isso, eu já tinha seu desprezo desde a primeira vez em que a vi.
Nunca esqueci daquele seu olhar de "superioridade" olhando para mim.
Não tenho culpa se não pude te fazer a mulher mais feliz desse mundo.
Eu tentei, mas você não dava a mínima para meus sentimentos.
Decidi fazer o mesmo com você.
Te desprezei e você continuou a mesma.
Não me ligava, não mandava mensagens...
Então, fui na Internet, e te vi online...
Usei aquele velho clichê do "tudo bem?".
Até agora tudo bem...
Mas na hora em que eu pergunto sobre novidades...
E ela me dizendo que não.. Apenas vai começar a namorar.
Fiquei quieto. Sem palavras.
Custava algo ter me falado? Não que eu estivesse realmente gostando de você... Mas um pouco de consideração é bom, não acha?
Se não me quis, tudo bem...
Agora... Só não venha atrás de mim depois.
Pois a única coisa que eu quero de você é distância.

terça-feira, 25 de novembro de 2008

confiança


Fazendo o almoço, e ela não chega...
A espectativa de sua chegada me deixa atento.
O som de sua buzina, o sorriso em meu rosto.
Mas que horas ela chegará?
Desde ontem a espero.
Nenhuma ligação, nenhum sinal de vida...
Será que ela viajou? Ou será que me esqueceu?
Liguei, ela disse que meio dia estaria em casa...
Esperei, esperei... E nada.
Dois dias que não a vejo...
Tenho saudade de antes, ela ficava comigo do acordar ao dormir.
Mas nesses dois dias não... Dormiu fora, Saiu sem avisar...
O que eu faço?
Já estou preocupado.
Dizem que notícia ruim chega rápido, então, nada de extraordinário acontecera.
Por quê ela não me liga?
Estou aflito sem sua presença.
A quero aqui para dizer o quanto a amo...
Fazê-la mulher do jeito que sempre gostou...
Beijá-la até a deixar sem fôlego...
Enfim... Para sermos felizes, como antes.
Não sei o que aconteceu, ou o que fiz.
Não sei se fiz algo errado que ela não tenho gostado.
É muito difícil homem se apaixonar...
Mas acho que sou um exceção.
Me apeguei a ela, somos apenas namorados, mas para mim, ela é a mulher da minha vida!
Espere... Ouço uma buzina... Será que é ela?
É! É ela!
Coração a mil por hora, mãos geladas, pernas tremendo, sorriso no rosto...
Ela já entrou com aquele ar de serenidade... E meus olhos completamente vidrados em sua face.
Não perguntei e nem vou perguntar o que ela estava fazendo durante esses dois dias.
Nada me importa, a não ser a presença dela em minha vida.

Aqui, ali...

Desapareci.
Não aguentava mais essa rotina monótona.
Precisava de momentos à sós comigo mesma.
Isso não quer dizer que eu não goste das pessoas em meu redor.
Muito pelo contrário, gosto, e muito.
E por esse motivo voltei.
Voltei porque percebi que ninguém é feliz sozinho.
Mas não voltei pra ficar...
É uma volta temporária.
E nessa viagem que fiz, peguei carona com o vento.
Aonde ele vai, eu vou.
Ele me trouxe até aqui, por isso voltei.
Mas quando ele se for, irei também.
Viverei cada dia, em cada lugar, como se fosse o último.
Pois um dia estou aqui, e outro não mais.

Quero ser feliz... Sem você!

de repente tudo perde o encanto.
o que um dia eram flores, hoje são trevas.
antes sozinho do que mal acompanhado, não acha?
cheguei no meu limite, cansei.
não quero te fazer sofrer e nem sofrer com isso tudo.
não agüento mais! preciso de momentos a sós comigo mesmo.
tenho que repensar minhas idéias, meus sentimentos.
desse jeito vou levando a vida loucamente e ao mesmo tempo feliz.
não sei o que está acontecendo comigo, tudo mudou.dizem que eu estou amadurecendo, talvez possa ser isso, mas ainda não sei.
outros dizem que estou estressado, mas isso eu sempre fui.
às vezes nem eu me entendo.
coisas me deixam em dúvida, será que sim ou será que não?
meu coração é indeciso ou será minha razão?
não sei ao certo.
sem paciência para tudo, com paciência para nada.
silêncio é o que eu preciso, mas um barulho também é bom.
queria poder voar... pra bem longe de ti por uns tempos.
não devo explicações à você.
não sou bom com auto-retratos, mas se quiser saber quem eu sou, vem conviver comigo!aproveitar a vida...
não quero dengos, não quero mimos.quero apenas ser feliz, com ou sem você... pois o que importa mesmo é a minha felicidade.

sábado, 22 de novembro de 2008

indecisão.


não sou criança.
sei que tu me queres...
mas não demonstra.


...você me ama?!
então me prova esse teu amor por mim!
não tente me iludir com palavras bonitas...
seu galanteador barato!


se queres namorar comigo...
peça-me.a resposta será a única solução.


não ponha palavras em minha boca, beijando-me...
pois suborno é crime!
e eu não pagarei sua fiança.


decida-se logo!
meu mundo não gira ao seus pés...
aliás, a minha paciência está esgotando, amado.


e se ela esgotar, sinto muito em dizer-te isso...
mas só restarão algumas poucas palavras a serem ouvidas:
demorou? perdeu!
outrora, faça por merecer.