terça-feira, 25 de novembro de 2008

Aqui, ali...

Desapareci.
Não aguentava mais essa rotina monótona.
Precisava de momentos à sós comigo mesma.
Isso não quer dizer que eu não goste das pessoas em meu redor.
Muito pelo contrário, gosto, e muito.
E por esse motivo voltei.
Voltei porque percebi que ninguém é feliz sozinho.
Mas não voltei pra ficar...
É uma volta temporária.
E nessa viagem que fiz, peguei carona com o vento.
Aonde ele vai, eu vou.
Ele me trouxe até aqui, por isso voltei.
Mas quando ele se for, irei também.
Viverei cada dia, em cada lugar, como se fosse o último.
Pois um dia estou aqui, e outro não mais.

Nenhum comentário: