segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

As vezes não temos escolha.



Às vezes nós não podemos seguir o caminho que sempre sonhamos.
Porque algum acontecimento pode afetar nosso rumo.
De um certo modo, nada é do jeito que nós queremos.
Existem pessoas, placas, leis, ordens, fanatismos ou outras coisas que nos confunde o modo de pensar, de agir...
Pessoas já se mutilam por fanatismo, outras pessoas já mudaram por outra pessoa, as placas nos dizem o que devemos fazer e o que não devemos fazer, assim como as leis.
Quero seguir meu rumo do jeito que for possível, sem atingir ou mudar pessoas em meu redor.




2 comentários:

Fabis disse...

é...
façamos do jeito que nos convier!

Fabrícia disse...

sempre.