domingo, 30 de agosto de 2009

camelo.


quero tanto te ter ao lado meu...
morro de saudades do teu beijo, do teu sorriso, do teu abraço, do teu cheiro...
vem pra mim?
mas, vem pra ficar!
vem pra tornar meu sorriso mais feliz.
preciso de ti...
sei que devo ir com calma, estou indo...
por isso escrevo esses poemas para você.
com o intuito de que eu desabafe tudo o que trago em meu peito.

ausência.


tua ausência deixou-me sensível.
sinto falta de você.
estou mal, por que você não vem me consolar?
escuto nossa música e sinto um vazio dentro de mim.
vejo fotos nossas e lágrimas de saudades caem dos meus olhos.
queria tua presença em vários momentos, mas não tenho.
três dias que não vejo você, para você, pode parecer pouco, mas não é.
antes nos víamos com freqüência, então, por que não continuamos do mesmo jeito?
não sei o que aconteceu, nós estamos bem um com o outro, mas essa sua ausência, me deixou vulnerável à coisas que antes eu conseguia controlar.
nós estamos namorando, sei disso.
mas não parece.

coisas da vida.


Ando tão apaixonado, entediado, cansado, chateado, feliz...
Apaixonado por quem me faz feliz todos os dias...
Apaixonado por quem sinto saudades durante a semana...
Apaixonado de um modo repentino, mas ao mesmo tempo sou feliz.
Entediado com essa falta do que fazer...
Entediado com essa falta de saídas...
Entediado por depender de outras pessoas.
Cansado de ficar sentado...
Cansado de coisas monótonas...
Cansado dessa vida comum.
Chateado por coisas que já passaram...
Chateado por não estar valorizando o que fazem por mim...
Chateado com essa minha preguiça.
Feliz porque finalmente encontrei minha cara-matade...
Feliz porque eu a amo com toda sinceridade.
Feliz porque sei que minha vida é perfeita!

Enfim, eu o amo.

sábado, 29 de agosto de 2009

você me paga!


Aqui se faz, aqui se paga.
Quando precisar da minha ajuda ou de algo meu...
Irei dizer-te um não.
Porque é só isso o que sabes me dizer.
Não sou de guardar rancores.
Mas quando é preciso, eu guardo.
Um dia, você vai se arrepender e sentir na pele tudo o que você me fez passar.
Não me arrependerei, e muito menos sentirei pena de ti.
Você tem pena de mim quando me nega algo?
Tenho certeza que não.
Porque eu também não sentirei.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

nova rotina.

Quero sair!
Não aguento mais essa vida de ficar em casa.

Não quero mais esses finais de semana assistindo TV.
Quero diversão, beber, rir, dançar, gritar...
Tomar um banho de mar...
Jogar tudo pro ar...
Sem me preocupar com horários especulados!

we play?


Forca das cordas malditas.
As regras são quase as mesmas do jogo formal...
Mas, em vez de desenharmos o bonequinho em uma folha, você será o bonequinho.

A cada letra errada, o desafiante amarra cordas em alguns membros escolhidos de modo aleatório com nós cegos, prendendo a sua circulação sangüínea.
Mas, nesse jogo, não é apenas uma palavra e sim uma frase, na qual você só tem 10 chances de acertar.

Se você errar a frase, será enforcado.

Se você acertar, dependendo de sua sorte, sairá são e salvo.

você está pronto para arriscar a vida? Sim? Então, boa sorte.

domingo, 23 de agosto de 2009

camelo.


é, tou na tua.
pensei que fosse só um breve passatempo, mas não...
me apeguei mesmo!
fico nervosa quando te vejo, minhas pernas ficam bambas quando você fala ao meu ouvido uma palavra sequer, quando passo um minutinho longe de ti já bate uma saudade...
não sei o que você fez, ou o que tenho, mas não consigo parar de pensar em você.
como isso aconteceu? não faço a mínima idéia.
mas sei o quanto é bom o sabor de gostar novamente.
preciso do teu sorriso para me fazer sorrir, do teu olhar para me deixar envergonhada, do teu abraço para meu aconchego, preciso de você para a minha total felicidade.
você me faz bem, eu tenho consciência de que o que sinto por você não é nada passageiro e muito menos ilusão, quero você ao meu lado até quando nos permitirem.

sábado, 22 de agosto de 2009

apenas volta.


Dias monótonos.
Não quero sair, não quero beber, não quero nada além de sua presença.
Não estou preocupada, pois, confio em você.
Quero apenas que esses dias passem logo!
Não vejo a hora de ver-te chamar meu nome, de te beijar, de te abraçar, de dizer-te o quanto amo você...
Enfim, te ter ao meu lado novamente é o que eu mais quero, porque a saudade que sinto, não passa, por mais que eu tente, ela não passa.
Volta logo.
Te espero.

saudade.


antes um choro de ciúme.
hoje um choro de saudade.
não agüento mais essa saudade, vem logo me ver!
acaba com essa minha angústia... por favor!
te imploro, vem matar essa saudade?