sábado, 14 de novembro de 2009

mais um no navio.


















mais uma vez, como sempre não dá certo.
lágrimas caem dos meus olhos, músicas me fazem chorar.
não suporto mais isso, vou parar com tudo, meu mundo vai parar.
tudo vai mudar, sentimentos não existirão mais.
nada que eu faço é valorizado, e quando é, não é do jeito que eu queria.
eu quero muito encontrar alguém que realmente me queira da mesma forma que eu quero.
com esses e mais motivos, é que eu me despeço do mundo dos apaixonados, do amor, de qualquer coisa que me deixe com frio na barriga, ou que acelere meu coração quando vejo um certo alguém.
boa sorte aos navegantes do navio da ilusão.
porque eu estou recebendo as boas vindas no navio dos desacreditados do amor.

2 comentários:

Lastgentleman disse...

Sanar
Jorge Drexler
Composição: Jorge Drexler


Las lágrimas van al cielo
Y vuelven a tus ojos desde el mar.
El tiempo se va, se va y no vuelve,
Y tu corazón va a sanar,
Va a sanar,
Va a sanar.

La tierra parece estar quieta
Y el sol parece girar,
Y aunque parezca mentira
Tu corazón va a sanar,
Va a sanar,
Va a sanar,
Y va a volver a quebrarse
Mientras le toque pulsar.

Y nadie sabe por qué un día el amor nace,
Ni sabe nadie por qué muere el amor un día,
Ni nadie nace sabiendo, nace sabiendo
Que morir también es ley de vida.

Así como cuando enfríe
Van a volver a pasar
Los pájaros en bandadas.
Tu corazón va a sanar,
Va a sanar,
Va a sanar.

Y volverás a esperanzarte
Y luego a desesperar.
Y cuando menos lo esperes,
Tu corazón va a sanar,
Va a sanar,
Va a sanar,
Y va a volver a quebrarse
Mientras le toque pulsar.

Fabrícia disse...

gostei!

:D