sábado, 19 de dezembro de 2009

amar-te em segredo.




queria poder te dizer tudo o que sinto

mas tenho tanto medo de te perder, de te assustar.

sou louca por você, apaixonada!

não paro de pensar em você há semanas...

conto os dias, horas, minutos, só pra te ter por perto novamente.

sentir teu corpo no meu, teu cheiro, tua boca...

você me faz bem, eu preciso de você comigo.

não sei o que fazer, muito menos o que falar

vou deixar o tempo passar, mas eu não queria te perder de novo,

é muito ruim ter quem você gosta, longe dos teus sentimentos.

só queria uma chance de te mostrar o quanto posso te fazer feliz,
vamos seguir em frente nessa?
juntos nós poderemos mais.

sabe o que eu sentia por você anos atrás?

reascendeu, como um passe de mágica.

durante um dia eu queria pensar só um pouco menos em você,

ou prestar atenção em outras coisas...

mas não, tudo o que faço e penso está ligado em você.

inúmeras palavras estão surgindo em minha mente,

mas nenhuma ordem em que eu colocá-las, serão suficientes para te mostrar ao menos um pouco da metade do que eu estou sentindo por você.

e com essas e outras palavras eu crio forças, e confesso às paredes...

eu amo você.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

questiono-te


esperar por você?
para quê?
você está com outra, não é?
como eu soube?
porquê pergunta?
estás com medo de algo?
ou que talvez eu desista de você?
sabia que paciência tem limite?
e que meu sentimento por você acabou?
pois é, acabou...
assim como esse poema.

aos meus futuros filhos























vocês serão bem diferentes das outras crianças.
não serão ridicularizados ao som de Xuxa na infância,
muito menos assistir musicais infantis.
para quê tudo isso?
vamos assistir desenhos não recomendados para menores de idade!
a trilha sonora do início de suas vidas será ao som de bandas alternativas.
vocês devem estar pensando que sou louca não é?
mas não, não sou.
sou apenas uma mãe tentando modificar os clichês infantis.
criando assim, novas normas e novos costumes para meus filhos,
que estão no futuro, e eu aqui no passado, quero pra eles tudo o que lutei para conseguir.
nunca esqueçam, a mamãe é a favor das loucuras!

de verdade


estou com você,
aqui, hoje e sempre,
pro que precisar.
seja você sofrendo ou sorrindo.
caso haja algo que tente nos afastar,
nem vai adiantar,
porque hoje em dia existe a tecnologia,
com ela eu uso e abuso e mato um pouco da saudade que sinto de você.
e se eu gosto de você?
claro, eu amo você.
mas porquê?
porque somos amigos,
amigos de verdade.

Poema Dedicado à: Almir Neto

sábado à noite






















olhares tentadores,

conversas ousadas,
barba rala passando em meu rosto,
mordidas sensuais,
beijos intensos,
mãos pelo meu corpo,
desejos incessantes,
estímulos delirantes,
uma volta ao passado cheia de saudades,
com um gosto de quero mais,
e de levar adiante tudo isso...
pode acontecer em uma noite de sábado.