terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Conselho de um sonhador.















Vamos deixar as ilusões, as suposições de lado. E de uma vez por todas, aceitar a realidade.
Pelo menos a verdade é mais fácil de aceitar do que uma mentira, principalmente quando essa mentira fora inventada por nós mesmos: a velha expectativa sem fundamento.
Invista sua expectativa em coisas que são recíprocas, e não em coisas impossíveis. Você deve estar pensando: "Ah, mas eu tenho o direito de sonhar como tudo poderia ser!"
E eu te digo: você deve sonhar, meu caro. E não viver em seus sonhos. Aprenda a discernir o sonho da realidade.
Se fizeres tudo isso, uma coisa eu garanto: o sofrimento será menor, bem menos doloroso, e mais cabível ao nosso coração.

domingo, 29 de janeiro de 2012

O amor em carne e coração.


Quando eu parar de ser otimista
de me apaixonar perdidamente,
de me arriscar,
de viver pro amor,
de respirar saudade,
de suspirar lembranças,
de mergulhar de cabeça nos relacionamentos,
e de acreditar que aquela pessoa que conheci ontem pode ser o amor da minha vida...

Meu coração cessará seus batimentos.

domingo, 22 de janeiro de 2012

Contentamento em meu âmago














Parar, lembrar, suspirar,
sentir sua presença mesmo ausente.
Isso me faz te adorar
e te desejar constantemente.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Precipitações.


Ei, coração!
Vê se te acalma.
Eu estou em fase de adaptação.
Não quero me envolver com coisas da alma.
Na verdade até quero,
Mas... Ele não quer se envolver!
Sendo assim, eu o espero.
Mesmo que a chama dessa paixão só venha a crescer.

sábado, 14 de janeiro de 2012

Vida nova, vida.

















É questão de inspiração,
são coisas do coração!
Preciso disto,
por isso invisto.

Estou disposta a me arriscar,
sem ter o que almejar.

Palavras finais.


Aqui estou,
com o pouco de vida que me sobrou
eu não merecia isso,
com você, mantive um compromisso.
pois fui eu quem mais te amou.

Já eu, me encontro feliz.
tudo está do jeito que eu sempre quis,
o seu estado jamais me interessou.
ainda bem que você passou,
e não deixou nenhuma cicatriz.

Tudo bem, isso já era de se esperar
mas eu não quero que você seja infeliz,
pois eu te amo, e não sou nenhuma atriz!
sou uma eterna aprendiz,
que guardou na memória o verdadeiro significado de amar.