sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Sou fogo.



Estou me sentido uma fera.
Instinto selvagem,
um animal no cio.

Me sinto insaciável,
uma necessidade do teu gosto,
do teu corpo,
do teu sabor.

Pele quente,
queimo por dentro,
derreto por fora,
suor que me molha.