domingo, 23 de dezembro de 2012

Bons tempos, bons ventos!
























Você me dá motivos e mais motivos para sermos cada vez mais felizes.
E isso me deixa sem motivos para me prender ao que um dia me fez mal.
Pois se tenho tanta coisa boa para viver ao lado seu, por quê hei perder tempo com coisas ruins?
Nós nos amamos, compartilhamos nossas vidas um com o outro, possuímos um companheirismo ímpar, somos um pro outro o que sempre sonhamos em encontrar.
O respeito que hoje eu recebo de ti, me fez perceber o quanto estava sendo boba em certas coisas ultimamente. Afinal, demora pra cair a ficha, e quando cai é assim, uma calmaria imensa passou a me envolver, meus passos ficaram mais firmes e minhas mãos mais seguras junto às tuas.
Bons ventos estão trazendo a tranquilidade! E as janelas de minha alma abertas estão para tamanha bonança para nós, nosso mundo, nossa cidade.